Segunda-feira, 21 de Setembro de 2009

O Ministério Público acusou a vereadora social-democrata na Câmara de Porto de Mós Irene Pereira do crime de difamação agravado ao presidente da autarquia, o socialista João Salgueiro, segundo o despacho a que Agência Lusa teve hoje acesso. Em causa está um texto que a vereadora Irene Pereira assinou no jornal local “O Portomosense”, a 27 Novembro do ano passado, com o título “Política e politiquice”, e no qual escreveu que o presidente do município acumulava a reforma com o vencimento. “Uma das coisas que João Salgueiro muito criticou no anterior presidente foi o facto de acumular a reforma com o vencimento. E não é que tem feito exactamente a mesma coisa nestes três anos?”, lê-se no texto da autarca. “Recebe reforma e vencimento e não consta que tenha entregado nada a instituições como prometeu, a menos que vá agora a correr fazê-lo, para dar cumprimento à promessa”, acrescenta Irene Pereira. O despacho do Ministério Público sustenta ser “falso que o presidente da Câmara de Porto de Mós, João Salgueiro, acumule a reforma com o vencimento, desde a data em que tomou posse de tal cargo”, a 02 de Novembro de 2005.

 

A procuradora-adjunta considera que “a expressão acima referida é ofensiva da honra e da consideração” do presidente da autarquia. “Sabia a arguida que ao redigir tal expressão, que veio a ser publicada no jornal, a mesma era ofensiva da honra e consideração do ofendido, João Salgueiro, uma vez que os factos que a arguida imputou a este são falsos”, adianta a magistrada do Ministério Público. Segundo a procuradora-adjunta, Irene Pereira apenas proferiu tal expressão por causa de o ofendido exercer as funções de presidente do município. “A arguida agiu com intenção de ofender a honra e consideração de João Salgueiro, o que logrou concretizar”, revela o despacho de acusação. À Agência Lusa, o presidente da Câmara Municipal e recandidato ao cargo afirmou que “não esperava outra decisão do Ministério Público”. “Senti-me ofendido gratuitamente, pois pôs em causa a minha dignidade”, disse, sublinhando que a situação criou um clima de “suspeição”. João Salgueiro explicou que “até aceitaria um pedido de desculpas”, mas este “não foi feito”, pelo que avançou com uma queixa-crime. Já Irene Pereira declarou que não faz comentários a esta situação.

 

Fonte: Lusa.


tags:

publicado por comunicaradireito às 15:08
Boa tarde,
Para saber mais sobre Porto de Mós basta clicar aqui:
http://vilaforte.blogs.sapo.pt
abraço e obrigado
Pedro Oliveira a 22 de Setembro de 2009 às 16:11

Debater e reflectir sobre as leis da comunicação social. Coordenação: Jorge Ferreira
pesquisar neste blog
 
tags

televisão(106)

internet(105)

empresas(94)

imprensa(84)

história(62)

justiça(62)

opinião(53)

jornalistas(50)

escola(44)

blogues(42)

erc(41)

comunicação social(38)

eua(37)

informática(34)

liberdade de expressão(31)

jornalismo(25)

direitos de autor(24)

governo(22)

revistas(20)

publicidade(19)

reino unido(19)

pirataria(15)

liberdade(14)

política(12)

ps(12)

download pirata(11)

rádio(11)

censura(10)

crianças(10)

espanha(10)

agenda(9)

assembleia da república(9)

frança(9)

telecomunicações(9)

crise(8)

irão(8)

privacidade(8)

blogue para hoje(7)

concentração(7)

despedimentos(7)

direito à imagem(7)

língua portuguesa(7)

telemóveis(7)

eleições 2009(6)

cavaco silva(5)

ccpj(5)

china(5)

concorrencia(5)

prémios(5)

publicações(5)

serviço público(5)

comércio electrónico(4)

madeira(4)

provedor dos leitores(4)

psd(4)

suécia(4)

brasil(3)

futebol(3)

media(3)

regulação(3)

angola(2)

austrália(2)

bloguista(2)

canadá(2)

cds(2)

cinema(2)

clube de jornalistas(2)

consumidores(2)

coreia do norte(2)

cuba(2)

estado(2)

ética profissional(2)

google(2)

igreja católica(2)

iraque(2)

itália(2)

parlamento europeu(2)

pcp(2)

plágio(2)

sociedade da informação(2)

sondagens(2)

tribunais(2)

união europeia(2)

venezuela(2)

afeganistão(1)

alemanha(1)

américa latina(1)

anacom(1)

argentina(1)

artigo de opinião(1)

autoregulação(1)

benfica(1)

call centers(1)

casa da imprensa(1)

cia(1)

conselho deontológico(1)

coreia do sul(1)

dados pessoais(1)

despesa pública(1)

deveres dos jornalistas(1)

todas as tags