Sábado, 16 de Maio de 2009

São muitas as notícias sobre a crise que o país atravessa, mas nenhum jornal escreve sobre as suas próprias crises.

José Vítor Malheiros, jornalista, escreveu a 12 de Maio de 2009 no jornal Público, uma grande verdade sobre a crise da imprensa. Este afirma que não existe uma, mas sim três crises, o que é realmente notório, visto que são muitos os salários em atraso em jornais e o fecho de suplementos.

A primeira crise apontada é a falta de credibilidade dos jornalistas. Os leitores começam a não acreditar no que lêem, visto que são muitos os boatos e notícias que contém um exagero que por vezes destorcem a realidade de tal forma que por vezes parece que estamos a ler uma história de encantar. Claro que assim o jornalista perde credibilidade! Não informa com rigor.

Depois temos a falta de atractividade, o que é bastante lógico, na minha opinião, porque os jornais escrevem todos sobre o mesmo e esquecem o jornalismo de proximidade, em que escrevem sobre as pessoas e os seus problemas. Os temas ao longo de todo o jornal são a crise, investigações e julgamentos.

E por fim, a informação on-line, já são muitos os jornais a ter a sua edição on-line. Esta é uma das crises que mais se faz notar, pois são menos os exemplares nas bancas, porque as pessoas preferem ler o jornal on-line, pois não pagam para ler, podem seleccionar a indormação e é muito mais rápido.

Penso que a imprensa deveria tomar medidas originais e os jornalistas ou emprensas de comunicação social mudarem de atidtude, pois estamos a perder muito com a informação que é dada ao leitor e a forma como esta é redigida e seleccionada.

Com tantas coisas novas, porque não uma informação nova, original e deversificada?

 

Ler o artigo de opinião escrito por José Vítor Malheiros aqui

 

Cátia Romualdo nº12308

 

 



publicado por comunicaradireito às 13:49
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Debater e reflectir sobre as leis da comunicação social. Coordenação: Jorge Ferreira
pesquisar neste blog
 
tags

televisão(106)

internet(105)

empresas(94)

imprensa(84)

história(62)

justiça(62)

opinião(53)

jornalistas(50)

escola(44)

blogues(42)

erc(41)

comunicação social(38)

eua(37)

informática(34)

liberdade de expressão(31)

jornalismo(25)

direitos de autor(24)

governo(22)

revistas(20)

publicidade(19)

reino unido(19)

pirataria(15)

liberdade(14)

política(12)

ps(12)

download pirata(11)

rádio(11)

censura(10)

crianças(10)

espanha(10)

agenda(9)

assembleia da república(9)

frança(9)

telecomunicações(9)

crise(8)

irão(8)

privacidade(8)

blogue para hoje(7)

concentração(7)

despedimentos(7)

direito à imagem(7)

língua portuguesa(7)

telemóveis(7)

eleições 2009(6)

cavaco silva(5)

ccpj(5)

china(5)

concorrencia(5)

prémios(5)

publicações(5)

serviço público(5)

comércio electrónico(4)

madeira(4)

provedor dos leitores(4)

psd(4)

suécia(4)

brasil(3)

futebol(3)

media(3)

regulação(3)

angola(2)

austrália(2)

bloguista(2)

canadá(2)

cds(2)

cinema(2)

clube de jornalistas(2)

consumidores(2)

coreia do norte(2)

cuba(2)

estado(2)

ética profissional(2)

google(2)

igreja católica(2)

iraque(2)

itália(2)

parlamento europeu(2)

pcp(2)

plágio(2)

sociedade da informação(2)

sondagens(2)

tribunais(2)

união europeia(2)

venezuela(2)

afeganistão(1)

alemanha(1)

américa latina(1)

anacom(1)

argentina(1)

artigo de opinião(1)

autoregulação(1)

benfica(1)

call centers(1)

casa da imprensa(1)

cia(1)

conselho deontológico(1)

coreia do sul(1)

dados pessoais(1)

despesa pública(1)

deveres dos jornalistas(1)

todas as tags

subscrever feeds