Terça-feira, 17 de Novembro de 2009

A maior editora de jornais dirigidos à comunidade homosexual foi encerrada. Laura Douglas-Brown, editora do jornal Southern Voice, Atlanta, disse segunda-feira que chegou ao trabalho e descobriu que as fechaduras tinham sido mudadas e uma nota a dar conta de que a empresa-mãe, Window Media LLC, tinha sido encerrada também. A editora disse ainda que as outras publicações, incluindo Washington Blade, Houston Voice e South Florida Blade, também foram fechadas. "Do meu entender, não há dinheiro para manter estas empresas a funcionar. Disseram-nos que as empresas iam ser vendidas. O facto de estarmos encerrados é um completo choque", afirmou Laura Douglas-Brown. Os problemas financeiros do grupo devem-se a vários factores: além da queda das receitas publicitárias que afecta toda a indústria, as publicações generalistas estão a escrever cada vez mais sobre temas homossexuais, o que reduz a dependência deste nicho de mercado. Steven Myers, co-presidente da Window Media em Washington, rejeitou comentar a situação, remetendo quaisquer declarações para mais tarde.

 

Fonte: Lusa.



publicado por comunicaradireito às 01:03
Sexta-feira, 13 de Novembro de 2009

"Não acredito que ganhemos isto mandando adolescentes para a prisão", afirmou Gurry numa entrevista concedida aquando de uma visita à Índia, citado pela Reuters. "Não acredito que isso conquiste a simpatia do público", salientou. Francis Gurry reconhece que a protecção dos direitos de autor no âmbito da música está na ordem do dia e que esse cenário deverá passar em breve para o sector do cinema, à medida que a velocidade de transmissão de dados vai aumentando. Estima-se que 40 mil milhões de arquivos musicais foram partilhados de forma ilegal através da Internet em 2008. Na opinião de Gurry, "uma forma de ganhar a batalha é sensibilizar o público para a complexidade do problema". "Não é simplesmente um delito sem vítimas", avaliou. Ler aqui, no Público.



publicado por comunicaradireito às 12:24
Quarta-feira, 04 de Novembro de 2009

Não resolveria todos os problemas associados, mas seria um contributo para termos um jornalismo menos mau: As agências de comunicação tratadas como as de informação? Por José Medeiros Ferreira.

Na minha breve intervenção , propus que se incluísse, nas normas redactoriais, que as matérias oriundas das agências de comunicação fossem assinaladas como tais, como se faz, aliás, para as notícias das clássicas agências de informação como a Reuters, a AFP, ou a Lusa.É um objectivo saudável para a relação de transparência que deve existir entre a imprensa e público.Portanto acabará por entrar nos costumes, ou nos livros de estilo.Quanto mais depressa melhor.

(via Gabriel Silva)

 

André Azevedo Alves, n' O Insurgente.



publicado por comunicaradireito às 22:48
Segunda-feira, 02 de Novembro de 2009

Era assassinado o cineasta holandês Theo van Gogh, numa rua de Amesterdão.



publicado por comunicaradireito às 23:16
Segunda-feira, 26 de Outubro de 2009

Está neste momento em curso uma guerra enre a administração Obama e a Fox News. Está tudo aqui, no Público.



publicado por comunicaradireito às 00:59
Terça-feira, 20 de Outubro de 2009
Pela segunda vez, José Sócrates não obteve junto da Justiça uma decisão favorável ao processo que apresentou contra o colunista do “Diário de Notícias” João Miguel Tavares, avança hoje o próprio jornal. Na origem do caso está o artigo "José Sócrates, o Cristo da política portuguesa", publicado em Março deste ano, que o primeiro-ministro considerou "calunioso e ofensivo".
Ler aqui, no Público.


publicado por comunicaradireito às 13:06
Domingo, 20 de Setembro de 2009

Dúvidas no caso das escutas, por Joaquim Fidalgo, no Mediascopio.

E, indispensável, o blogue do Provedor dos leitores do Público.



publicado por comunicaradireito às 16:55

O provedor do leitor do Público denunciou hoje que a sua correspondência electrónica foi «vasculhada sem aviso prévio» e questiona se a actuação do diário no caso das escutas de Belém não obedece a uma agenda política oculta. Ler aqui, no Sol.



publicado por comunicaradireito às 13:18
Sábado, 19 de Setembro de 2009

A Entidade Reguladora da Comunicação Social (ERC) enviou ontem uma série de questões à antiga pivot do Jornal Nacional de Sexta e ex-subdirectora de informação da TVI, Manuela Moura Guedes, depois de a jornalista ter pedido há vários dias para ser ouvida no âmbito do processo de averiguações lançado no início de Setembro, com carácter de urgência. Ler aqui, no Público.
 



publicado por comunicaradireito às 19:58
Segunda-feira, 20 de Julho de 2009

O Conselho Científico do Instituto de Educação e Psicologia (IEP) da Universidade do Minho (UM) ratificou a decisão de não renovação do contrato que liga Daniel Luís àquela instituição. O docente do Departamento de Sociologia da Educação, que mantém o blogue humorístico Dissidências, viu assim confirmada a primeira decisão tomada, há um mês, pelo conselho de departamento. Ler aqui, no Público.



publicado por comunicaradireito às 10:36
Terça-feira, 14 de Julho de 2009

No dia 9 de Junho, o artista chinês Ai Weiwei, talvez um dos mais conhecidos no estrangeiro, colocou duas fotos no seu blogue. Numa delas, aparece deitado com uma T-shirt onde se lê "FUCK". Noutra, tirada em Tiananmen, Ai exibe essa mesma palavra escrita no peito. Há um outro post também com uma fotografia tirada na praça de Pequim onde se vê um braço estendido, com o dedo do meio levantado em direcção a uma das portas da Cidade Proibida que é encimada por um retrato de Mao Tsé Tung.

As críticas de Ai Weiwei - performer, curador, arquitecto, escultor... - ao regime chinês são frequentes. A ponto de no último número do The Art Newspaper se escrever que "Ai Weiwei levou finalmente as autoridades a agirem contra ele".

O popular blogue do artista foi apagado no mês passado do Sina.com, tal como os seus comentários na versão chinesa do Twitter. O seu estúdio está sempre sob vigilância de polícias à paisana, e Ai é seguido onde quer que vá. Ler aqui, no Público.
 



publicado por comunicaradireito às 10:28
Sexta-feira, 10 de Julho de 2009

O Instituto Internacional de Imprensa (IPI) apelou terça-feira ao governo cubano que liberte 22 jornalistas, alguns dos quais detidos desde 2003. Ler aqui, no Diário de Notícias.



publicado por comunicaradireito às 13:03
Terça-feira, 09 de Junho de 2009

Uma carta europeia que enuncia os princípios que os governos têm que respeitar para a liberdade de imprensa na Europa foi hoje entregue à Comissária Europeia responsável pelos media, que saudou a adopção do documento pelos jornalistas. Adoptada e assinada a 25 de Maio por 48 editores e chefes de órgãos de comunicação social de 19 países europeus, a Carta Europeia da Liberdade de Imprensa tem como objectivo proteger contra interferências dos governos e assegurar o acesso dos jornalistas às fontes de informação, divulgou hoje a Comissão Europeia. Esta carta enuncia os dez princípios que as autoridades públicas devem respeitar nas suas relações com os jornalistas.

 

A liberdade de imprensa contra a interferência dos governos pressupõe o direito a protecção contra a vigilância electrónica, as escutas telefónicas e as buscas a redacções e computadores de jornalistas.A proibição da censura, o livre acesso às fontes nacionais e estrangeiras, bem como a liberdade de recolha e difusão de informações, estão igualmente previstos na carta.O documento sublinha ainda a necessidade de proteger os meios de comunicação social contra sanções económicas e exige um sistema judicial eficaz que proteja os direitos dos jornalistas.

 

A Comissária Europeia para a Sociedade de Informação e Media, Viviane Reding considerou que este documento "constitui uma importante reafirmação dos valores fundamentais, nomeadamente o pluralismo dos media e a liberdade de expressão e de informação, que são alicerces das tradições democráticas da Europa e estão consagradas em textos jurídicos fundamentais".Para Viviane Reding, a Carta Europeia da Liberdade de Imprensa serve também para lembrar que só pode haver verdadeira liberdade de imprensa se as autoridades públicas estiverem prontas para proteger a liberdade de expressão e promover o seu desenvolvimento. A comissária sublinhou ainda a importância da carta, que permite aos jornalistas invocarem-na "contra governos ou autoridades públicas sempre que sintam que a liberdade do seu trabalho está abusivamente ameaçada".

 

O promotor da carta, Hans-Ulrich Jörges, chefe de redacção da revista alemã Stern, sublinhou o "apoio incondicional" manifestado desde o início por Viviane Reding à ideia de uma Carta Europeia da Liberdade de Imprensa."Partimos, pois, do princípio de que a Comissão Europeia também respeitará esta Carta e contribuirá activamente para a sua promoção em toda a Europa", acrescentou, referindo que uma das principais preocupações da Carta é unificar a Europa também de um ponto de vista jornalístico.A carta existe já em oito línguas e está disponível on-line e aberta à assinatura dos jornalistas interessados.

Fonte: Lusa.



publicado por comunicaradireito às 18:45
Terça-feira, 02 de Junho de 2009

"Pelo conteúdo da sua 'recomendação' à  TVI e sobretudo pelo momento escolhido para a tornar pública, em pleno período oficial de campanha eleitoral, a Entidade Reguladora para a Comunicação Social confirma-se como um organismo que serve essencialmente os interesses do Governo. É lamentável que assim seja. E ainda mais lamentável que uma das suas vogais, em declaração de voto, tenha achado insuficiente a vergastada no canal televisivo que mais tem incomodado o primeiro-ministro. Estrela Serrano, numa inovadora teoria sobre a interligação de determinados trejeitos com o conteúdo jornalístico, contesta a "muito peculiar linguagem gestual e facial" de Manuela Moura Guedes.

Acabamos assim todos de receber, por parte da antiga assessora de imprensa de Mário Soares, uma originalíssima lição de jornalismo: os "risos irónicos e outras formas de expressão não verbais atentam contra o rigor da informação, pela conotação valorativa ou depreciativa que imprimem" às notícias.

"Como forma de comentário não verbal que na realidade é, o modo de apresentação das notícias do 'Jornal Nacional de Sexta' produz um efeito manipulador, ao induzir a antecipar juízos de valor sobre as notícias", conclui judiciosamente a vogal Estrela Serrano. Risos irónicos? Um verdadeiro escândalo: nunca tal se viu em lugar algum.

Já se ouve falar por aí em nova censura, sob o disfarce de uma determinada sigla. Serei o último a desmentir tal tese."

 

Pedro Correia, no Corta-Fitas.



publicado por comunicaradireito às 10:35
Sexta-feira, 29 de Maio de 2009

"Manuel Moura Guedes e Marinho Pinto foram muito criticados pelas respectivas performances no Jornal Nacional de 6ª de 22.05. Em caixas de comentários na internet muitos leitores atacaram um ou outro com violência. Apetece dizer a todos os escandalizados: sejam bem vindos à liberdade. A entrevista, com os seus erros ou exageros, foi um exercício da liberdade de expressão, quer pela jornalista, quer pelo bastonário dos Advogados. O mundo não acaba quando se dialoga forte e feio em directo; não peçam proibições e demissões e o diabo a quatro. Aquilo é a liberdade de chinelo a dar a dar, o que é muito melhor do que a censura desejada em raivosos comentários."

Eduardo Cintra Torres, no Público.



publicado por comunicaradireito às 12:06
Quinta-feira, 07 de Maio de 2009

Os responsáveis dos principais órgãos de comunicação social considera que os processos judiciais que o primeiro-ministro interpôs contra os media não vão condicionar a forma como os jornalistas abordam o caso Freeport, revela um inquérito hoje divulgado. A "Sonda Central de Informação/Meios & Publicidade" procurou saber o que pensam estes profissionais sobre os vários processos judiciais instaurados nas últimas semanas pelo primeiro-ministro contra vários jornalistas nacionais. Mais de dois em cada três (69 por cento) defendeu tratar-se de "um direito normal de quem é visado num artigo jornalístico", ao passo que 26 por cento consideraram esses processos "uma forma de pressão contra os media". Dos 103 jornalistas inquiridos, apenas cinco por cento classifica o comportamento de José Sócrates como "um acto de desespero".



publicado por comunicaradireito às 18:44
Domingo, 03 de Maio de 2009

Hoje é o Dia Mundial da Liberdade de Imprensa.



publicado por comunicaradireito às 18:31
Quinta-feira, 30 de Abril de 2009

"No meio de toda esta embrulhada, em que José Sócrates tenta usar os tribunais para calar a opinião política e a própria comunicação social, surge Vital Moreira e a sua argumentação jurídica, defendendo o direito ao bom nome por parte dos políticos. Não quero com isto estar a contrariar o Sr. Professor, mas neste caso não estamos a falar de uma situação jurídica pura, mas meramente ética, em última instância política. Até que ponto podemos permitir que um primeiro-ministro lance, num curto espaço de tempo, uma rajada de queixas-crime contra jornalistas e comentadores políticos? Até que ponto não será uma óbvia estratégia de intimidação à comunicação social, como forma de defesa para o caso Freeport? E por fim, Sr. Professor, até que ponto não será posto em causa o princípio da separação do poder judicial do poder político? Lembre-se que agora é candidato ao Parlamento Europeu, por isso, nós portugueses, leitores do Causa Nossa, queremos respostas políticas e não jurídicas."

 

João Gomes de Almeida, no Risco Contínuo.



publicado por comunicaradireito às 15:51
Segunda-feira, 20 de Abril de 2009

O Expresso de 18-4-2009, citado por Nuno Ramos de Almeida no 5 Dias de 19-4-2009, noticiou que José Sócrates, que além de "cidadão enquanto tal" é primeiro-ministro de Portugal, já instaurou 9 (nove) processos contra jornalistas. Até agora, eram conhecidos dois processos: um contra o jornalista João Miguel Tavares e outro contra jornalistas do Público.

Carlos Vidal, também ontem, 19-4-2009, ainda no 5 Dias, sintetiza. José Sócrates já processou:

  • João Miguel Tavares, colunista do DN
     
  • Cristina Ferreira, jornalista do Público
     
  • Paulo Ferreira, jornalista do Público
     
  • José Manuel Fernandes, jornalista do Público
     
  • Manuela Moura Guedes, jornalista e pivot da TVI
     
  • José Eduardo Moniz, director-geral da TVI
     
  • Ana Leal, jornalista da TVI
     
  • Carlos Enes, jornalista da TVI
     
  • Júlio Bagulho, operador de câmara da TVI

Ler aqui, no Do Portugal Profundo.



publicado por comunicaradireito às 11:39
Terça-feira, 14 de Abril de 2009

Os árbitros anunciaram que vão processar todos aqueles que puserem em causa a sua idoneidade. Ler aqui, n' A Bola.



publicado por comunicaradireito às 00:15
Segunda-feira, 13 de Abril de 2009

Entre a defesa da honra e a liberdade de expressão, o que prevalece nos tribunais? O procurador Euclides Dâmaso encontra maior "inclinação" para a primeira, mas o advogado Coutinho Ribeiro considera que há uma evolução no pensamento dos juízes. Seja como for, Portugal já foi várias vezes condenado no Tribunal Europeu dos Direitos do Homem por este motivo. Ler aqui, no Diário de Notícias.



publicado por comunicaradireito às 12:00
Domingo, 05 de Abril de 2009

"José Sócrates processou João Miguel Tavares por um artigo escrito a 3 de Março no DN e o nosso colunista, ex-jornalista da casa, já foi ouvido. Um mês bastou! Bem sei que os processos por eventual abuso de liberdade de imprensa costumam andar um pouco mais rápido do que os outros, mas deixo a nota: a Justiça, quando quer, pode ser célere. Assim fosse sempre e não haveria processos esquecidos, durante tantos anos, nas prateleiras dos tribunais… ".

João Marcelino, no Diário de Notícias.



publicado por comunicaradireito às 23:06

A edição de ontem do Público noticiou que José Manuel Fernandes, Paulo Ferreira, Cristina Ferreira, foram também alvo de queixas crime do Primeiro-Ministro José Sócrates.



publicado por comunicaradireito às 22:55
Sexta-feira, 03 de Abril de 2009

"Ver José Sócrates apelar à moral na política é tão convincente quanto a defesa da monogamia por parte de Cicciolina." Assim começa um artigo de João Miguel Tavares no DN (3 de Março) que o primeiro- -ministro, José Sócrates, não gostou. Resultado: uma queixa-crime contra o colunista do DN por aquela e outras referências no texto. Sócrates tinha ameaçado com processos os jornalistas que escreveram sobre o Freeport.  João Miguel Tavares foi ouvido no DIAP de Lisboa. Contactado pelo DN, o colunista declarou: "Agradeço a atenção que o senhor primeiro-ministro me dedicou de que não me acho merecedor."

 

Fonte: Diário de Notícias.



publicado por comunicaradireito às 17:18
Terça-feira, 31 de Março de 2009

O Vaticano prepara-se para promover o boicote a «Anjos e Demónios», a adaptação cinematográfica do livro de Dan Brown, lançado antes de «O Código Da Vinci». A Igreja «não poderá aprovar» um filme tão problemático, avança o jornal oficial do Vaticano. Ler aqui, no Diário Digital.



publicado por comunicaradireito às 11:06
Quinta-feira, 26 de Março de 2009

O Comité do Direito dos Media e o Instituto dos Direitos Humanos da Associação Internacional dos Advogados (IBA), criaram um sítio na internet destinado a Advogados e outros profissionais da Justiça que trabalhem na defesa de casos de liberdade de expressão. É aqui.



publicado por comunicaradireito às 10:58
Terça-feira, 24 de Março de 2009

O Governo chinês voltou a tornar inacessível o site de partilha de vídeos You Tube, num bloqueio que dura desde ontem. Não foram ainda avançadas razões oficiais para o corte de acesso ao site. Ler aqui, no Público.



publicado por comunicaradireito às 17:40

A Coreia do Norte terá transferido para Pyongyang as duas jornalistas dos EUA detidas terça-feira na fronteira com a China, para serem interrogadas, de acordo com a agência Yonhap, da Coreia do Sul.  Ler aqui, no Correio da Manhã.
 



publicado por comunicaradireito às 12:08

A praga da internet, por Paulo Querido.

Pruridos, por Eduardo Pitta.



publicado por comunicaradireito às 09:10
Sábado, 21 de Março de 2009

"Por essa blogosfera fora anda uma discussão sobre a porcaria do spot publicitário da Antena 1. Uns dizem que a censura foi disparatada, outros que foi justa. Mas há um ponto sobre o qual ninguém discorda: foi censura. A pergunta que se impõe agora é: será que há censura e censura? Será que, dependendo da conveniência em cada situação, é aceitável um acto de censura? Eu não respondo, porque dizer o óbvio seria ofender os leitores que tanto prezo."

 

Tiago Moreira Ramalho, no Corta-Fitas.



publicado por comunicaradireito às 11:46
Sexta-feira, 20 de Março de 2009

Tal como Carlos Narciso (Jornalista) diz, "os órgãos de comunicação social estão agrupados em três ou quatro grandes grupos de media, acomodados no sistema vigente e que não desejam ser perturbados." Ou seja, os jornalistas não afrontam os interesses do patrão, mesmo que esses interesses sejam contra os interesses do país. Hoje, nas redacções, obedece-se apenas.

Há algumas semanas, o juiz Rui Rangel escreveu no Correio da Manhã que é inegável que “a Comunicação Social vive tempos difíceis, de credibilidade, de afirmação, de rigor e de independência. Hoje, temos jornalistas amordaçados pelo medo. E temos jornalistas que estão na bolsa de valores, que se vendem ou deixam comprar, hipotecando no mercado de interesses a sua carteira profissional.”

Hoje em dia é possível através de blogs, que muitos jornalistas consigam expor muitas das verdades que não conseguem no local de trabalho, quase sempre em anonimato, mas para estes o importante é transmitir a verdade, independentemente do seu trabalho ser reconhecido ou não. Os jornalistas têm ainda que travar muitas “batalhas” para que consigam ter a sua total liberdade enquanto pessoas e profissionais, e para que possam desempenhar a sua profissão que é a de informar as pessoas daquilo que se passa realmente no nosso mundo sem “esconder” a verdade.

(Foto)

 

Cláudia Oliveira, n.º12311



publicado por comunicaradireito às 22:56
Debater e reflectir sobre as leis da comunicação social. Coordenação: Jorge Ferreira

comunicaradireito@sapo.pt

Online Users English version by Google ENGLISH VERSION

DESTAQUES







COLUNISTAS
Maria José Santana
Paula Sá
Rui Costa Pinto
Rui Baptista


ORGÃOS DE SOBERANIA
Presidencia da República
Assembleia da República
Governo
Tribunal Constitucional
Supremo Tribunal de Justiça
Supremo Tribunal Administrativo


SÍTIOS DE INTERESSE
Erc
Aacs
Anacom
Gmcs
Umic
Ccpj
Clube de Jornalistas
Diário da República
Cenjor
LabCom
Observatório da Imprensa
Sindicato dos Jornalistas
Repórteres Sem Fronteiras


BLOGUES

a arte da fuga
a arte de pensar
a barbearia do senhor luís
a cagarra
a casa de sarto
a casa dos comuns
a caveira vesga
a caverna obscura
a civilização do espectáculo
a destreza das dúvidas
a educação do meu umbigo
a grande alface
a grande loja dos trezentos
a janela do ocaso
a minha tv
a natureza do mal
a origem das espécies
a outra varinha mágica
a revolta das palavras
a ritinha
a terceira noite
a voz do povo
a voz nacional
a voz portalegrense
as penas do flamingo
aberratio ictus
abrigo de pastora
abrupto
às duas por três
activismo de sofá
actualidades
admirável mundo novo
adufe
água leve
água lisa
alcabrozes
alianças
aliança nacional
alinhavos
almocreve das petas
apdeites v2
arcadia
arde lua
arraia miuda
arrastão
arrochadas
aspirina b
ataque de caspa
atrium.media e cidadania
atuleirus
avatares de um desejo
aveiro

bar do moe, nº 133
blasfémias
bem haja
berra-boi
bic laranja
bicho carpinteiro
binoculista
bissapa
blogo social português
blogotinha
blogs e política
blogue da sedes
blogue dos editores da bbc
blue lounge
boca de incêndio
boina frígia
braga blog
branco no branco
busturenga

cabalas
café da insónia
caixa de petri
caixa de pregos
câmara corporativa
câmara de comuns
canhoto
cão com pulgas
carreira da í­ndia
causa liberal
causa nossa
centenário da república
centurião
chá preto
charquinho
cibertúlia
cinco dias
circo natureza
classe polí­tica
clube da comunicação social de coimbra
clube dos pensadores
cobrador da persia
combustões
congeminações
contingências
controversa maresia
corta-fitas
crónicasdorochedo

da condição humana
da literatura
da rússia
dar à tramela
dass
de vexa atentamente
der terrorist
delito de opinião
desconcertante
desesperada esperança
despertar da mente
direito de opinião
do portugal profundo
dois dedos de prosa e poesia
dolo eventual
duas cidades
duas ou três coisas
2 rosas

é curioso
e-jetamos
e-konoklasta
eclético
elba everywhere
em directo
encapuzado extrovertido
entre as brumas da memória
ephemera
escrita em dia
esmaltes e jóias
esquissos
estado sentido
estrago da nação
estudos sobre o comunismo
espumadamente
eternas saudades do futuro

f,world
faccioso
falta de tempo
filtragens
fôguetabraze
fora de estrutura
foram-se os anéis
fotojornalismos
forja de palavras
fragmentos de apocalipse
fumaças

gajo dos abraços
galo verde
gazeta da restavração
geometria do abismo
geração de 80
geração de 60
geração rasca
glória fácil
gonio
governo sombra
grande coisa

há normal?!
herdeiro de aécio?!
hoje há conquilhas, amanhã não sabemos
homem ao mar

in concreto
ideal social
ideias soltas
ilha da madeira
ilusão
império lusitano
impressões de um boticário de província
indústrias culturais
insinuações
inspector x
intimista

jacarandá
janelar
jantar das quartas
jornal do diabo
jornal dos media
jornalismo & comunicação
jornalismo porto net
jornalista elsa ribeiro gonçalves
josé antónio barreiros
josé maria martins
jose vacondeus
judaic kehillah of portugal - or ahayim
jugular
julgamento público

kontrastes

la force des choses
ladrões de bicicletas
largo da memória
liblog
lisbon photos
lobi do chá
loja de ideias
lusitana antiga liberdade
lusofin

ma-schamba
macroscópio
mais actual
maquiavel & j.b.
margem esquerda
margens de erro
mar salgado
mas certamente que sim!
mau tempo no canil
memória virtual
memórias para o futuro
mestiçagens
metafísica do esquecimento
meu rumo
miguel teixeira
miniscente
miss pearls
moengas
mundo disparatado
mundus cultus
my guide to your galaxy

não não e não
nem tanto ao mar
nocturno
nortadas
notas verbais
notícias da aldeia
nova floresta
nova frente
num lugar à direita
nunca mais

o afilhado
o amor nos tempos da blogosfera
o andarilho
o anónimo
o bico de gás
o bom gigante
o cachimbo de magritte
o carmo e a trindade
o condomínio privado
o contradito
o diplomata
o duro das lamentações
o espelho mágico
o estado do tempo
o insubmisso
o insurgente
o islamismo na europa
o jansenista
o jumento
o leão da estrela
o observador
o país do burro
o país relativo
o paralógico de picoas
o pasquim da reacção
o pequeno mundo
o pravda ilhéu
o privilégio dos caminhos
o profano
o reaccionário
o saudosista
o severo
o sexo dos anjos
o sinaleiro da areosa
o tempo das cerejas
o universo é uma casca de noz
os convencidos da vida
os veencidos da vida
obrigado sá pinto
oceano das palavras
office lounging
ofício diário
outubro
ouvi dizer

palavra aberta
palavras imperfeitas
palavrussaurus rex
pangeia
para lá de 500 páginas
para mim tanto faz
paris
passeios na calçada
patriotas.info
pau para toda a obra
pensamentos
pedro_nunes_no_mundo
pedro rolo duarte
pedro santana lopes
pena e espada
perguntar não ofende
piar
planetas politik
planí­cie heróica
pleitos, apostilas e comentários
politeia
política pura e dura
polí­tica xix
politicazinha
politikae
polvorosa
ponto media
porcausasemodivelas
porto das pipas
portugal dos pequeninos
por tu graal
povo de bahá
praça da república em beja
provedor do leitor do público
publicista

quarta república

registo civil
registo provisório
relações internacionais
retalhos de edith
retorno
retórica e persuasão
reverentia
ricardo.pt
risco contínuo
road book
rotativas
rua da judiaria

salvaterra é fixe
sem filtro
sempre a produzir
sentidos da vida
serra mãe
sete vidas como os gatos
sinusite crónica
sítio do costa
small brother
soberania e nacionalismo
sociologando
sorumbático
sou contra a corrente
super flumina

táxi
tempo político
tempo que passa
teorias da cidade
terras do carmo
tese & antítese
tesourinhos deprimentes
tirem-me daqui
tomar partido
tralapraki
transcendente
travessias digitais
31 da armada
tristeza sob investigação
triunfo da razão
trova do vento que passa
tubarão

último reduto
um bigo meu
um por todos todos por um

vale a pena lutar
vasco campilho
velocidade de cruzeiro
viagens no meu sofá
vida das coisas
vento sueste
voz do deserto

welcome to elsinore

xatoo

BLOGUES DOS ALUNOS

ao sul
as cobaias
fados e companhia
o cheiro de santarém pela manhã
platonismo político
projecto comunicar
sem eira nem beira

BLOGUES DE ABRANTES

abranteimas
rua da sardinha

BLOGUES DO ALGARVE

mons cicus
olhão livre
the best of lagos

BLOGUES DE AVEIRO

a ilusão da visão
academia de aveiro
amor e ócio
arestália
aveiro sempre
bancada directa
bancada norte
blog de sergio loureiro
botanabateira
código da vivencia
cogir
debaixo dos arcos
desporto aveiro
divas e contrabaixos
estados gerais
forum azeméis
já agora
margem esquerda
neo-liberalismo
nós e os outros
notas de aveiro
notícias da aldeia
noticias de ovar
painéis de aveiro
pontos soltos
portal do beira-mar
4linhas
quotidiano da miséria
7 meses
the sarcastic way
visto de fora
vouga

BLOGUES DE OEIRAS

à rédea solta
escrever sobre porto salvo
eu sou o poli­ticopata
oeiras local
rememorar oeiras

BLOGUES DE TOMAR

alcatruzes da roda
algures aqui
à descoberta de tomar
nabantia
os cavaleiros guardiões de sta. maria do olival
serra de tomar
sondagem tomar
tomar
tomar, a cidade
tomar a dianteira
vamos por aqui

BLOGUES DO DIREITO

ab surdus
assembleia de comarca
blog de informação
blog do dip
cartilha jurídica
cum grano salis
de lege agraria nova
direito na sociedade da informação
dizpositivo
elsa
incursões
iuris
leituras oficiosas
legalidade
lex turistica nova
locus delicti
mens agit molem
notas constitucionais
o meu monte
patologia social
piti blawg
ré em causa própria
reforma da justiça
rumo do direito
santerna
senso jurídico
suo tempore
trepalium
urbaniuris
vexata quaestio

BLOGUES DOS LIVROS

blog do espaço de memória e do pátio das letras
lerblog
mundo pessoa
rcp edições

JORNALISTAS

carlos pinto coelho
ilídio martins
orlando castro
viriato teles

SOBRE BLOGUES

aniversários de blogues
blog do dia dn
blogpatrol
blogpulse
blogsearch
blogservatório
blogs em lí­ngua portuguesa
moblig
orochi's blog
sapo blogs
technorati
weblog
pesquisar neste blog
 
tags

televisão(106)

internet(105)

empresas(94)

imprensa(84)

história(62)

justiça(62)

opinião(53)

jornalistas(50)

escola(44)

blogues(42)

erc(41)

comunicação social(38)

eua(37)

informática(34)

liberdade de expressão(31)

jornalismo(25)

direitos de autor(24)

governo(22)

revistas(20)

publicidade(19)

reino unido(19)

pirataria(15)

liberdade(14)

política(12)

ps(12)

download pirata(11)

rádio(11)

censura(10)

crianças(10)

espanha(10)

agenda(9)

assembleia da república(9)

frança(9)

telecomunicações(9)

crise(8)

irão(8)

privacidade(8)

blogue para hoje(7)

concentração(7)

despedimentos(7)

direito à imagem(7)

língua portuguesa(7)

telemóveis(7)

eleições 2009(6)

cavaco silva(5)

ccpj(5)

china(5)

concorrencia(5)

prémios(5)

publicações(5)

serviço público(5)

comércio electrónico(4)

madeira(4)

provedor dos leitores(4)

psd(4)

suécia(4)

brasil(3)

futebol(3)

media(3)

regulação(3)

angola(2)

austrália(2)

bloguista(2)

canadá(2)

cds(2)

cinema(2)

clube de jornalistas(2)

consumidores(2)

coreia do norte(2)

cuba(2)

estado(2)

ética profissional(2)

google(2)

igreja católica(2)

iraque(2)

itália(2)

parlamento europeu(2)

pcp(2)

plágio(2)

sociedade da informação(2)

sondagens(2)

tribunais(2)

união europeia(2)

venezuela(2)

afeganistão(1)

alemanha(1)

américa latina(1)

anacom(1)

argentina(1)

artigo de opinião(1)

autoregulação(1)

benfica(1)

call centers(1)

casa da imprensa(1)

cia(1)

conselho deontológico(1)

coreia do sul(1)

dados pessoais(1)

despesa pública(1)

deveres dos jornalistas(1)

todas as tags